Grupo Guiatec de comunicação

Anuncio Publicidade

O que você procura?

Rua, Bairro

Localidade


'O Pai dos Jardins Verticais'

 

PincelarPatrck Blanc Lisboa as paredes cinzas dos centros urbanos - não do modo convencional - é o que faz Patrick Blanc, botânico francês que viaja o mundo botando um pouco de verde em centros urbanos. A intenção do francês é reconectar com o verde lugares que há muito tempo deixaram a natureza de lado – segundo ele, cerca de 3,5 bilhões de pessoas vivem atualmente nas cidades sem contato com a natureza. Além de serem esteticamente bonitos seus projetos também trazem vários benefícios, como ar mais limpo, clima mais ameno, aumento da umidade do ar, entre outros.

O botânico coleciona jardins verticais ao redor do mundo (confira aqui todos os projetos), mas em toda a América do Sul apenas a cidade de São Paulo teve a sorte de receber um projeto do francês, que deixou sua marca na Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP). Blanc até tinha um projeto para o Rio de Janeiro, mas a ideia não saiu do papel.

Conhecido como o Pai dos Jardins Verticais, o botânico também pode ser considerado um artista, já que encara as paredes em que trabalha como telas de pintura gigantes, onde faz composições harmônicas de várias espécies diferentes de plantas – cuidadosamente escolhidas com base nas condições locais. O 'artista' também lançou um livro, 'The Vertical Garden' (O Jardim Vertical), com todos seus trabalhos.

A manutenção dos jardins verticais também é uma preocupação para Blanc, para que seu trabalho não vire um fardo para os moradores da cidade, quando for embora. As plantas são fixadas em um feltro especial, que é irrigado regularmente com fertilizantes, garantindo que as espécies tenham os nutrientes que necessitam e que as raízes não cresçam demais, à procura de água.

Confiira alguns de seus projetos:

Patrick Blanc London

Londres

Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP)

São Paulo

Patrick Blanc Paris

Paris